Lugar pra beber em Gotham City


Gotham City é como eu chamo Curitiba – por motivos mais que óbvios pra mim. Bom, acontece que tenho bons amigos lá e sinto uma puta falta desses  brothers,  que além de músicos, escritores, boêmios, etc, cometem loucuras. Uma delas é essa: Lique, Gi e Amarildo  resolveram abrir um bar (eles chamam de café, mas pra mim é bar mesmo). É o “On Louge Café”. Lique é o Marcelo França, baixista, compositor e dono do projeto e do gogó da Liquespace, que lançou um puta CD ano passado e agrega a melhor trupe de músicos da “terrinha santa”. Você ainda não ouviu? Procure o MySpace do cara e se vire. A internete tá aí pra ser bem usada também e não só pra sites de putaria. Bom, além do Lique, que é um dos meus mais considerados amigos, a Gi, a DJ ELLE, minha irmã gêmea, se juntou na empreitada e encarou a barra de ficar a noite inteira aguentando brothers & sisters e não brothers nem sisters bêbados pra caralho – se bem que ela, como DJ, já suportava muito isso. Além dos dois, o terceiro “Stooge”, o fiel escudeiro, Amarildo Anzolin, que é escritor, compositor, poeta, artista multimídia, entre outras coisas – dono de bar, por exemplo. Quando vou pra Curitiba, o que está se tornando cada vez mais raro, baixo por lá. São meus amigos, a cerveja é gelada pra caralho, tem comida boa (assinada pelo brother “chef de couisine” Washingnton Silveira e pela mãe do Lique), tem mais amigos que se reunem por ali, música boa na vitrolinha… O que  mais? Pra mim tá bom. Se vocês tiverem o azar de ir pra Curitiba, passem lá. É um oásis dentro do inferno. Eu garanto.

Anúncios

6 Responses to Lugar pra beber em Gotham City

  1. luiz felipe leprevost disse:

    eu não saio de lá, man. abração. lepre.

  2. É um lugar muito agradável. eles tão meio atrapaiado (como diz a lícia em seu sotaque supimpa) ainda, mas no começo é assim mesmo. A comida deles é de comer ajoelhado e agradecendo ao senhor. Maravilha. assisti ao bastardos ontem, também, hahaha. coincidência? Mas viu, a mó parte do filme é em francês e alemão, mesmo, hahaha. seu parco inglês nao ia adiantar. Vi com legendas, claro. hehehe… Daqui a poucas horas estou em pinheiros na mansão larini, cola aí comer torresmo na esquina, abs!

    • rkjazz disse:

      que massa, jazzcobsen! vamos sim nos encontrar, e comer torresmos com certeza. é o meu lugar preferido ae em ctba. são meus amigos e amigos aparecem pra se juntar a turma toda. vira essa zona que a gente conhece. o lique atrás do balcão é impagável. mesma história do traficande de pó viciado, tentando controlar a parada toda. então, a parte inglês do filme que eu não entendia era o alemão e o francês mesmo… são linguas mortas, se não me engano… muito poucas pessoas falam hoje em dia… que nem o latim, né não? hahahahaha. E a lícia e o betão? não vinham pra cá tb? abração, brother. té daqui a pouco.

  3. Gabi disse:

    Tem um tal de crep indiano lá que é uma delícia. E ainda toca Morphine de vez em quando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: