Menestrel


Timóteo. O mesmo nome do cantor? E daí? Daí nada, só um comentário. São necessários? O quê? Os comentários. Já sabia de cor o que tinha na ficha. Depois de cinco anos sem emprego fixo qualquer idiota decora, de trás pra frente, o questionário padrão. Sentei num dos bancos vagos. Banco é modo de dizer. É uma dessas cadeiras de colégio que tem apoio na direita. Lembro de um moleque que era canhoto. A sua reivindicação? Uma cadeira para canhotos. Otário. Deveria ter pedido logo um trinta e oito e muita munição. Ia ser mais útil no futuro. Já preenchi com todos os empregos que constam na ficha. Decidi improvisar um pouco. No campo outros, escrevi menestrel. Não sei o que exatamente significa, mas foi o que me veio à cabeça e achei bonito. Numa outra vez coloquei demagogo. Não foi à toa que ninguém me chamou. Mas menestrel tem potencial. Pensei em cortar o cabelo, em comprar flores. Comprei flores e entrei no cemitério. Procurei um túmulo abandonado, daqueles que ninguém mais visita, e coloquei o potinho d’água com as flores. Não rezo, então só fiquei ali olhando o túmulo. Getúlio. Belo nome, nome de presidente. Ok, Getúlio, está na hora de você procurar emprego.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: